sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Visita à vila de Redondo, efectuada em 07.08.2009

Aproveitando o evento das "Ruas Floridas", deslocámo-nos hoje à vila de Redondo, que é uma vila no distrito de Évora, sede de concelho e que é habitada desde os tempos mais remotos. Foi D. Afonso III que lhe concedeu foral em 1250. A expansão da vila deu-se a partir de 1463, quando foi decidido que a zona envolvente do castelo, que já estava completamente povoado, fosse também habitada. Actualmente o concelho está dividido em duas freguesias: Redondo e Montoito.
Saímos do Pinhal do General (Fernão Ferro) e fomos apanhar a A2, desviando depois para a A6 e saindo dela na saída para Évora. Em Évora seguimos pela N254 que nos levou até à vila de Redondo.
Chegámos por volta das 13 horas e estacionámos junto às Muralhas do Castelo que estão classificadas, juntamente com a Torre de Menagem, como Monumento Nacional desde 1946. Este Castelo foi mandado construir, provávelmente por D. Dinis, em 1319, sobre uma fortificação anterior. Deste castelo restam ainda seis torres, duas das quais defendem a Porta da Ravessa, por onde entrámos, que foi popularizada na dédada de 1990 pelos rótulos das garrafas de vinho do mesmo nome. Seguimos pela única rua que existe da antiga vila dentro das muralhas e saímos pela Porta do Postigo, que comunica com a vila nova. Junto desta porta encontra-se a Torre do Relógio, construída no séc. XVIII.
Fomos à procura de um restaurante para almoçar, mas como já levávamos a indicação do Restaurante o Barro, fomos procurá-lo. Quando o encontrámos pensámos que estava fechado, pois tinha a porta fechada, mas logo um empregado a abriu e nos convidou a entrar. Subimos ao primeiro andar e ocupámos uma mesa numa pequena sala muito aconchegante, pois tinha apenas quatro mesas. O almoço estava saboroso, muito bem confeccionado e a carne era mesmo muito tenra. O empregado era simpático e fomos servidos com todos os requintes. Quando no final veio a conta, só não foi uma desagradável surpresa porque já estávamos informados que era caro. Pagámos pelos dois almoços, sem grandes extras, a módica quantia de 53,25 euros.
Bem, mas o que nos levou ao Redondo foram as Ruas Floridas, as quais são um evento bienal, cuja tradição remonta ao século XIX e consiste na decoração das ruas da vila com flores e outros objectos feitos em papel colorido.Os registos mais antigos que dão conta deste evento, remontam a 1838 mas infelizmente na década de 40 d0 século passado perdeu-se este hábito, só voltando a ser recuperado em 1976 e sómente em 1994, com apenas três ruas, se consolidou o regresso das ruas decoradas com papel, por iniciativa da Câmara Municipal e sob o designio de "Ruas Floridas", que se mantém até hoje. Este ano a vila conta com 31 ruas enfeitadas.

Depois do almoço fomos então percorrer as várias ruas decoradas, que se encontravam na periferia do castelo.

Durante o percurso fomos visitar a Igreja Matriz consagrada a Nossa Senhora da Assunção, a qual foi edificada nos finais do séc. XVI, no local onde antes existia o templo primitivo que se perdeu por ruína em 1571, começando as obras do novo templo em 1572 e só terminando em 1587.
O interior, de uma só nave, apresenta seis capelas laterais.









Quando nos vínhamos embora, a caminho da Porta da Ravessa, passámos pela Torre de Menagem e ...
... subimos ao seu topo...













... de onde se tem uma vista panorâmica sobre a vila.
Descemos a seguir e regressámos a casa pelas mesmas estradas.

7 comentários:

Vagamundos disse...

Isso é que é encher as ruas de cor. Pelo que vimos das tuas fotos é um evento a não perder. Não se parece nada com o Redondo das nossas memorias.
Abraço

João Morgado disse...

Olá Vagamundos! Tão longe e tão perto.
Pois é verdade, eu também não conhecia e digo que embora muito semelhante ao que se passa em Campo Maior, estas não lhe ficam nada atrás.
Um abraço para vocês.

Rosa Maria disse...

Vila muito bonita que dá uma vontade de ir conhecer, talvez um dia...
Parabéns pela descrição e pelas fotos.
Um grande abraço

PX disse...

olá João,
eu sou o xavier e tenho 8 anos adorei este blog tem fotografias bonitas.
o meu é:
http://viagensdopx.blogspot.com/
Adeus.

Juliana disse...

Olá João! Obrigada pela visita ao meu blog.

Fiquei surpresa com Turim. Não pensei que pudesse encontrar tantos lugares interessantes. Infelizmente não pudemos ir a todos eles... ficaram de fora lugares como o castelo medieval, o convento dos frades capuchinhos e tantos outros palácios dos Savoia.

Também gosto de Milão, estudei um ano lá e sempre que posso, vou para lá dar umas voltinhas. Mas ainda assim não tem a mesma atmosfera de Turim, aqueles edifícios, praças e igrejas que nos deixam boquiabertos.

Gostei muito de seu blog, o tema viagens é o que mais me interessa. Ainda mais quando se fala em viagens pela Europa. Vou adicioná-lo na minha lista de blogs para poder acompanhar suas atualizações.

Um abraço e até mais!

Lu disse...

Só agora cheguei a este blog. Gostei muito. É lindo e perfeito. Saudações

Mendes disse...

Prezado João!
Que maravilha de diário de viagem, parabéns pela riqueza de detalhes e informações.
Quanto a Turin (Torino) já estamos considerando com parte do nosso Projeto-2010, obrigado pelas referencias e principalmente pela sugestão.
Um abraço e pé na estrada...